17 de jan de 2014

0
Avatar
Toriko 137
Toriko 137
Luta Mortal! Coco VS Grinparch

Qualidade: Ótima
Resolução: 1280×720
Extensão: .mkvTamanho: 300mb
Codecs: H.264 e AAC


                Mega Bitshare FileFactory Torrent

11 de jun de 2013

0
Avatar
Toriko: assista ao trailer completo do filme
(Cliquem na imagem para Ampliar)
O site oficial de Gekijoban Toriko Bishokushin no Special Menu acaba de divulgar o trailer completo do filme, que tem estreia marcada para o dia 27 de julho no Japão. No vídeo é possível conferir o tema musical do filme “Gōshoku My Way!!” na voz do cantor Akira Kushida. Assista:


Criação de Mitsutoshi Shimabukuro, Toriko é publicado pela revista Shonen Jump desde 2008 e já totaliza 25 volumes editados. Em 2011, a série ganhou uma adaptação para o anime produzida pela Toei Animation que ainda está em produção. No mesmo ano, a obra recebeu seu primeiro filme: Toriko 3D: Kaimaku Gourmet Adventure!!.

No Brasil, o mangá de Toriko é publicado pela Panini.

Fonte: ANMTV

3 de jun de 2013

0
Avatar
Resenha: Toriko #1 – Panini
Toriko é mais uma série de sucesso vinda direto da Shonen Jump, a mesma de One Piece, Dragon Ball, Naruto, Bleach, Reborn e Beelzebub. Todos também da Panini no Brasil.

O mangá é escrito e desenhado por Mitsutoshi Shimabukuro. A serialização teve início em maio de 2008 e acumula até o momento 23 encadernados. Devido à sua popularidade e forte incentivo da Jump, além de cross-overs com One Piece e Dragon Ball, Toriko já ganhou em seu curto período de vida três filmes e tem o quarto planejado para o próximo semestre.

Some ainda um anime com mais de 100 episódios que segue firme e forte e com grandes chances de vir para o Brasil, já que a própria Toei tenta licenciar o produto por aqui, já tendo realizado essa façanha no Chile, onde a série irá ao ar pelo canal Etc.Tv.

Estamos na Era Gourmet, a era da busca pelo sabor desconhecido. Nosso protagonista, Toriko, é um caçador Gourmet experiente que deseja montar o melhor menu full-course do mundo. Para isso, ele precisará encontrar pratos magníficos para as seguintes categorias: aperitivo, sopa, prato de peixe, prato de carne, prato principal, salada, sobremesa, e bebida.

A primeira aventura de Toriko se dará ao lado de Komatsu, funcionário de um restaurante seis estrelas gerenciado pela IGO (International Gourmet Organization). Nela, para uma recepção, os dois terão que providenciar a carne de um crocodilo-galala, animal cujo nível de dificuldade para a captura seria cinco pelos planos iniciais da IGO. Porém, eles descobrirão que o bichinho dará mais trabalho que o planejado.

Na segunda, mais uma vez a Organização Gourmet Internacional recorrerá ao caçador. Dessa vez, para colher os frutos arco-íris que estão isolados graças a um grupo de Troll-Kongs que, observando a migração de animais fracos para perto da árvore, resolve se alimentar deles sem necessidade de sair e caçar, já que muitas espécies são atraídas pela fruta.

O primeiro volume do mangá conta como foram as duas primeiras missões de Toriko e Komatsu. Já aqui, o caçador gourmet conseguirá um item para o seu menu full-corse. Carne de crocodilo-galala ou fruta arco-íris, o que terá sido?

No final somos apresentados a Coco, um dos quatro reis celestiais. Lembrando que nosso protagonista também é um, ao lado de Sunny e Zebra, que aparecerão nos próximos volumes. Eles são conhecidos por serem os melhores nas habilidades culinárias e destrutivas. Temos também duas curtas histórias extras.

A versão da Panini conta com contracapas coloridas e mais um daqueles avisos personalizados quanto a ordem de leitura do mangá. Nele, Toriko avisa que não haverá banquetes se o leitor começar pelo lado errado.

O glossário conta com uma página e apresenta além dos termos japoneses, algumas explicações sobre máscaras hannya, soro antiofídico e expressões usadas ao longo do mangá. Além disso, apresenta também uma “mini-tabela” convertendo todos os valores em ienes do mangá para reais, facilitando a noção do capital de cada item comprado/vendido no volume.

Logo na página 9 somos apresentados à quadros recheados de kanjis, que são letreiros de edifícios, ruas e placas, que acabaram não sendo traduzidos. As duas únicas traduções foram a do “taxi gourmet” e a do “festival gourmet”. Os outros kanjis diziam algo por volta de “avenida gourmet”, “kart gourmet” e “comida demais”.

Na página 11 a mesma situação. Duas placas não foram traduzidas. São referentes a estandes de comida do festival, e uma delas quer dizer “Yakisoba”.

O logotipo utilizado pela editora não é o mesmo do Japão. Em uma espécie de estilização, a versão brasileira traz duas mordidas no nome da obra, assim como a edição francesa. Foi solicitado que a Panini trabalhasse exclusivamente com essa versão do logo.

Toriko é publicado bimestralmente e o segundo volume é previsto para junho. Shonen de sucesso da maior antologia japonesa e com a proposta inusitada de por a comida em foco ao lado das típicas cenas de ação do gênero. O formato é tankobon, aproximadamente 210 páginas com tradução de Dirce Miyamura (20th Century Boys), letras de Gabriela Kato e edição/adaptação de Bruno Zago.

Prontos para se aventurarem na Era Gourmet?

Classificação Final:

Muito Ruim
Ruim
>Bom<
Muito Bom
Ótimo

Fonte: Jbox



2 de jun de 2013

0
Avatar
Analisando “Toriko” (Panini)
(Cliquem para Ampliar)

Então, hoje, quando finalmente as coisas assentaram, pude fazer uma visita à banca e ver que Toriko já havia saído. O novo lançamento da Panini era aguardado por mim já que sou fã do Shimabukuro e, especialmente de Toriko. No entanto, apesar de eu gostar da série, nunca li ela por mais de dois volumes. Com o lançamento nacional eu finalmente vou deslanchar e ler, de uma vez por todas a obra definitiva da Era dos Gourmets.

Para começar, gostaria de dizer que a palavra “gourmet” não me agrada. Eu adoro comida e adoro cozinhar, mas a palavra gourmet me remete a algo metido e sem paixão. Mas tudo bem, sei que a palavra não quer dizer exatamente isso e nem vai ser um motivo para eu desgostar de todo um mangá.

Toriko é um Caçador Gourmet, alguém que dedica a vida a caçar animais raros e exóticos para satisfazer o paladar de quem pode pagar por seus serviços. É nesse contexto que conhecemos Komatsu, um chef de um grande hotel cinco estrelas que recebe ordens de cozinhar um animal muito raro e precisa que Toriko o ajude a capturá-lo. Durante a aventura, Komatsu fica encantado com a conexão que Toriko tem com a comida na fonte e decide se juntar a ele em suas futuras caçadas, em busca do menu perfeito

(Cliquem para Ampliar)

Quando batemos o olho nesse mangá, um aspecto que chama a atenção é a arte. Extremamente caricaturada e característica do autor. Uma mistura de exageros cômicos e exageros de proporção física. Na verdade, para ser sincero, o mangá inteiro é fortemente exagerado. Tanto a arte quanto os elementos daquele universo. É tudo grandioso e maravilhoso. O suficiente para inspirar a Era dos Gourmet, onde todos vivem em prol da comida.

Toda esse exagero pode acabar atrapalhando o aproveitamento da história para alguns que não conseguem praticar a suspensão de realidade a esse nível. A própria motivação da história é um tanto besta: Toriko fazer seu menu perfeito. Nem eu que adoro comida conseguiria pensar num plot tão cretino.

Mas não se assustem. Como eu disse no começo, eu gosto de Toriko e os motivos são vários. Para começar, eu gosto de todo essa sensação de anos 80, início dos 90, que passa a obra. Além disso, o tema é comida e, apesar de fictícia, atiça minha curiosidade e garante minha atenção. Há também a parte da ação que, apesar de nesse primeiro volume não ter tido tanto destaque, promete existir e em boa quantidade.

Quanto à edição brasileira, achei muito competente. Apesar da mania da Panini em deixar os honoríficos (-san, -kun, -chan, etc), as adaptações que foram feitas ficaram muito boas e foram devidamente explicadas no glossário. A leitura flui bem, mas ainda dá para encontrar alguns erros de digitação. Bola fora, ein, Panini. Fisicamente o mangá segue os padrões atuais e não se destaca positivamente nem negativamente em nenhum aspecto.

Toriko é conhecido por ter seus altos e baixos. Bons arcos são seguidos de arcos ruins e depois retomam em bons arcos. Como eu nunca avancei tanto em minha leitura da obra, não posso garantir tal afirmação, mas farei questão de ler e de conferir. Toriko é uma das obras que mais esperava sair em território nacional e finalmente está nas bancas. Que venha logo o volume 2. Estou esperando.

Só para completar, fiquei feliz de ver que o próprio Toriko tira sarro da Organização Internacional Gourmet. Vamos ver se ele irá acusá-los de ficarem de mimimi demais com a comida ao invés de apreciá-la de forma mais “orgânica”. rs.

Fonte: Genkidama



0
Avatar
Toriko 106
Domingo chuvoso é muito chato não dá pra jogar Futebol, então vou adiantar as coisas aqui no site, Bom Domingo para Todos!

Toriko 106
Tudo é Gratidão! Os Fundamentos do Respeito à Comida!!
Qualidade: Ótima
Resolução: 1280×720
Extensão: .mkvTamanho: 300mb
Codecs: H.264 e AAC


      Filewinds Filecloud Bitshare DepositFiles